Suicídio: Cuidados simples podem evitar o pior

Olá pessoal 
No mês de setembro temos da campanha de prevenção ao suicídio e eu quero compartilhar com vocês algumas situações e sintomas de uma pessoa que pensa em tirar sua própria vida.


Uma coisa muito importante a ser notada é o comportamento da pessoa. A internet através dos celulares, tiram das famílias os relacionamentos de qualidade, e cegam pais, mães e filhos de enxergarem o que um parente ou até amigo está “gritando em silêncio”. Talvez para você que está lendo esse texto, o fato de não te darem tempo de qualidade, não significa muito, mas tem muita gente que isso é pena de morte. Nunca vimos uma sociedade tão conectada com o mundo, mas desconectada com alguém que vive debaixo do mesmo teto.


Segundo psiquiatras e um grande professor que tive na faculdade que estuda comportamento humano, psicologia e atende pacientes nessa situação, grande parte dos problemas da saúde da mente, são oriundos de relacionamentos vazios ou traumáticos, como aqueles que a pessoa sofre algum tipo de abuso. Isso não significa que a pessoa é louca, mas sofre pela loucura da solidão, do não conseguir se expressar no quarto vazio dos sentimentos. Veja a importância absurda da qualidade de relacionamento!

Uma pessoa que “grita em silêncio”, normalmente se comporta de modo isolado, muitas vezes triste, não se abre com ninguém, porque não confia ou tem dificuldade em falar sobre um problema para pessoas próximas a ela. Outras entram em estado depressivo e é nitidamente notório, outros demonstram alegria por fora, mas por dentro sofre assim como foi com o comediante Whindersson Nunes. Esse mal não escolhe classe, idade, cor, credo e religião. Pode acontecer com qualquer pessoa.


Atenção com as suas crianças! Se até um adulto nem sempre consegue expressar seus sentimentos, imagine uma criança em estado depressivo. Tenha atenção redobrada com ela e não a deixe-a sozinha com um celular ou tablet com acesso live a internet.


O que importa no que eu quero lhe passar é que, muita gente sai da depressão, ou se liberta do mal pensamento do suicídio apenas com uma boa qualidade de relacionamento. Ter qualidade de relacionamento nem sempre requer grandes sacrifícios, nem sempre requer que você invista em médicos e gaste dinheiro com coisas materiais.


Se você conhece pessoas assim, primeiramente ame-a, depois procure fazê-la feliz, se possível use palavras. Suas atitudes podem mudar a situação de uma pessoa. Nem toda depressão é endógena, nem todo sofrimento é por motivo de doença. Invista seu tempo com essa pessoa, largue o celular, dê atenção, carinho, se preocupe com ela, seja presente nas conquistas dela, incentive, motive, não julgue-a e preste atenção aos sinais. Lembre-se isso requer tempo e paciência. Nem todo mundo é reativo a uma primeira “sessão de atenção” e é um trabalho contínuo.


E existem os casos de pessoas que tem problema de ordem psíquica.  Ela precisa de um médico, um psicólogo ou psiquiatra e você também pode ser o agente desse intermédio.  Você precisa falar para essa pessoa de forma amorosa que ela precisa de ajuda e isso pode levar mais tempo ainda do que descrevi anteriormente. Pessoas em depressão podem se matar porque chegam a um estado em que ela vive fora da realidade. Ela vive em um “outro mundo”. Eu tive um amigo de infância que se suicidou. Ele tinha uma filha linda de 4 anos e um casamento muito feliz, mas uma cirurgia bariátrica bem sucedida clinicamente, mas mal acompanhada psiquiatricamente, o levou a sair da realidade da vida por conta de uma depressão profunda. Ele tinha extremo medo de altura, porém pulou de uma ponte muito alta, ou seja, ele estava realmente fora de sintonia da realidade das coisas. Hoje ele mora em meu coração e dos familiares. Por esses motivos que eu acredito que um suicida não é covarde, ele não se mata porque é fraco e não sabe viver, ele é uma vítima das profundezas da uma mente que adoeceu e não tem noção do que está fazendo.


E você é uma pessoas que está nessa situação, eu te convido a dar um passo pra trás nos pensamentos ruins. Acredite que sua história pode mudar, tenha bom ânimo, procure ajuda, não tenha medo. O fato de você estar passando por essa situação, não significa que é pra sempre… não é porque o dia tá nublado e chuvoso que o sol não esteja lá, não é porque é porque você não vê a lua hoje que ela não aparecerá amanhã, não é porque você não vê o ar que ele não exista e não é porque você não vê a Deus que ele não esteja ao seu lado!  Todo sofrimento tem um fim e toda lágrima será enxugada. Levante a cabeça, erga-se, você é uma pessoa muito importante para Deus e ele te deu a oportunidade de viver e não viver uma vida triste, sem graça, sem sentido, sem gosto, sem cor. Você tem muito mais valor que qualquer riqueza desse mundo… Deus disse que você é menina dos olhos dEle e que Ele tem ciúmes de você!

Amar a si mesmo é também procurar ajuda. Não tenha vergonha, nem medo, você precisa de alguém. Recomendo um psicólogo(a) primeiramente. Ele poderá te indicar um bom caminho para se livrar disso. 
Se você precisar de uma ajuda em oração, seja por você ou por alguém, me responda esse e-mail. Será um grande privilégio te ajudar interceder a Deus pela sua aflição.


Que Deus te abençoe! Compartilhe, tem gente que precisa de sua ajuda. Compartilhar esse texto, pode ajudar a que está gritando em silêncio.

Marcos Pereira de Oliveira

Instagram: @palestras_criativas

www.palestrascriativas.com.br